Backend HTTP – Criando uma simples API REST com APACHE e PHP

Considerações finais

Este artigo ilustra uma estrutura básica para um backend REST implementado com PHP que recebe requisições HTTP e retorna JSONs de resposta. Através de uma tabela de resolução, o desenvolvedor pode criar endpoints e encaminhar para métodos trata-los e retornar a resposta desejada. À partir daqui, é tudo uma questão da criatividade do desenvolvedor.

O desenvolvedor pode criar quantas classes estáticas ou não, representando modelos ou tudo o que ele desejar. Todas as classes dentro do diretório classes estarão carregadas por padrão e o desenvolvedor deve utiliza-las para criar o código da complexidade que lhe for necessária.

Todo desenvolvedor familiarizado em tratar as requisições no modelo tradicional, onde a URI representa a estrutura de arquivo real da pasta raiz, não deve sentir dificuldades de adotar este modelo e construir seus backends.

A separação do backend com o frontend é uma excelente pratica e permite técnicas como o carregamento assíncrono e afins. O desenvolvedor que construir seu frontend utilizando HTML+CSS+Js pode sempre utilizar e abusar do Ajax para requisitar ao backend as informações que ele necessita para montar a tela desejada. Frontends para dispositivos móveis, como Java para Android ou o Swift para iOS também possuem suporte para requisições HTTP e tratamento de JSON, ficando extremamente simples de se requisitar os dados por estes.

Melhoria estrutural do backend, como a criação de múltiplos workers balanceados por um balanceador de carga também são fáceis de ser implementados utilizando o modelo de estruturação apresentado nesse artigo, bastando somente mudar as configurações do _machine_config.php para cada máquina.

Espero que o artigo seja útil para muitos que estão começando à desenvolver seus backends. Bons estudos!

Escrito com amor por Cristiano Costa.

 

Comentários